terça-feira, 19 de abril de 2016

Como fazer sua mulher amar passear na garupa da moto

Quantas vezes ouvi motociclistas reclamarem que gostariam muito que a namorada ou esposa, os acompanhassem no role de moto, e que juntos pudessem curtir viagens, passeios, e até mesmo explorar o mundo. Acredito que com jeitinho e cuidado, seja possível fazer ela mudar de ideia. Fique atento às dicas, leve-as a sério e as coloque todas em prática, você tem grandes chances!


Equipamentos corretos

Compre os equipamentos corretos para ela, algo que vista bem, um capacete de qualidade, leve ela para escolher. Assim não dará a chance dela reclamar que o capacete esta largo ou apertado, que a roupa não caiu bem, etc. Mostre que você se preocupa com a segurança dela, e que quer ela na garupa devidamente equipada. Não vacile!

O primeiro passeio tem que ser perfeito
Sim, a primeira impressão é a que fica. O passeio tem que ser perfeito e curto. Não invente de ir em lugares distantes. E mais, se a previsão do tempo é de chuva, nem pense em arriscar sair nesse dia, pois logo de inicio pegar chuva de moto, será traumático. O calor forte também incomoda e o equipamento no inicio, é chatinho, ela vai estranhar e certamente reclamará se tiver muito calor. Uma boa é levá-la em um restaurante que ela gosta muito, ou numa feirinha de artesanato. Se a viagem for curta e mesmo assim vão dormir no local, escolha uma pousadinha charmosa ou até mesmo romântica. Mesmo com a grana curta é possível encontrar lugares charmosos e com bom preço. E não se esqueça, lugar próximo, máximo 100km. Vai aumentando a distância aos poucos, não seja ansioso!

Não abuse na acelerada

Ela precisa aprender a gostar do vento no rosto, a relaxar e a apreciar a paisagem. Velocidade pode deixar ela com muito medo e pensar apenas no perigo, ficar com medo de acidente. Nem pense em abusar e sair acelerando feito piloto de motovelocidade. Relaxe!

Fotografe

Paradinhas para fotografar a paisagem, fotografar vocês em ação. Mostre o quanto esta entusiasmado com o primeiro passeio juntos. Mesmo que você não seja um cara romântico, tente ser um pouco, ao menos neste primeiro momento. Mas também não force a barra e não seja ator, você deve agir de forma natural.

Conforto do banco

Existem muitos modelos de motos que o banco da garupa não é nada confortável, então invista em um Top Case com encosto para as costas. Vai ajudar muito no conforto e segurança da gata.

Comunicador

Capacetes com comunicador é legal, assim você pode ir conversando com ela, acalmando, falando sobre a estrada, a paisagem, e claro, perguntando se esta tudo bem.

Cuidando dela

Instrua sobre os cuidados com a pele – mesmo com capacete o sol queima o rosto -, de o toque sobre o protetor solar no rosto e peça para ela deixar os cabelos para dentro da jaqueta. Cabelos ao vento, embaraçam, quebram, e se ela for vaidosa, ficará “P da vida” quando ver o nó gigante que o cabelo virou. A gata vai virar uma fera!

Barulhinhos chatos

Certifique se todos botões da jaqueta e fecho do capacete dela estão bem presos, qualquer alcinha solta faz aquele barulhinho chato com o vento. Lembre-se , ela “ainda” não curte andar de moto e vai procurar defeito em tudo, não dê chances para que isso aconteça! Esses barulhinhos são mesmo chatos e irritantes!

Peça um feedback

Pergunte depois sobre o que ela achou, o que incomodou e o que você pode fazer para melhorar o conforto dela durante a viagem. Você mostrando preocupação, fará com que ela talvez, nem reclame que ficou com bumbum formigando! Você foi tão atencioso e perfeito que ela não vai querer questionar os pontos negativos! Sim, tem muita mulher que é legal!

Conchinha ao vento

Muita mulher gosta de dormir de conchinha, então mostre para ela que a hora de rodar de moto é praticamente um “conchinha ao vento”. Peça para ela abraçar você e faça ela lembrar daquele momento que estão descansando e ela gruda nas suas costas, buscando dormir com segurança. Ela vai amar…

E a chuva surgiu

A previsão errou feio e a chuva veio com força. Pare para tomar um café ou, se achar que a chuva não vai passar e que vocês terão que enfrentá-la, esteja preparado; deixe separado no Top Case a capa de chuva para ela também.

Batendo os capacetes

Todo motociclista que leva garupa sofre um pouco com isso; capacete da garupa batendo no seu capacete, pode ser um pouco irritante, mas no começo não brigue com ela, seja paciente, aos poucos ela estará craque na garupa e tudo será o maior sucesso. Respire fundo e nem pense em dar broncas, senão ela vai sentir que esta atrapalhando, e que é mesmo uma mala sem alça! Fale sobre isso depois de alguns passeios.

Viagens de casais

Viajar em grupo de casais é bem bacana, fará com que ela conheça e converse com outras mulheres garupas, fará novas amizades e a cada passeio ficará ainda mais segura, mais confortável e feliz. Invista também em passeio em grupos.

Conte aos amigos

Mostre que você ficou imensamente feliz com o primeiro passeio de vocês. Conte orgulhoso para a família e amigos, e claro, na frente dela. Diga o quanto ficou feliz, expresse de todas as formas o quanto é importante ter ela como parceira de estrada. Logo mais vocês estarão planejando viagens juntos e ela não verá a hora de partir para a nova aventura.
Sim, mulher gosta de paparico e que você “adivinhe” que ela esta sentindo alguma dor, que esta cansada, etc, etc… Então pergunte algumas vezes se esta tudo bem, mostre que esta bastante preocupado com o conforto e segurança dela.
Vocês homens são nossos protetores, gostamos e precisamos sim da preocupação e atenção de vocês. Então bora viajar de conchinha e ser feliz!

Fonte: Texto pela motociclista Eliana Malizia, publicado originalmente no sitewww.acelerada.com.br 



2 comentários:

Adriana disse...

Eu amoooo garupar, pena que meu ex separou e levou a moto ahahaha mas brincadeiras à parte a dica do encosto e ótima Pq era a parte que eu mais sofria por conta de dor nas costas mesmo. Reportagem bacana e dicas bem legais!!!

Anônimo disse...

Isso serve para o marido tbm??😞

Postar um comentário